Templates da Lua

Perfil

Meu perfil

BRASIL, Nordeste, Mulher

Histórico

+ veja mais

Votação

Dê uma nota para meu blog

Outros Sites

XML/RSS Feed
O que é isto?

Leia este blog no seu celular

Visitante Número

Link-Me


Créditos

Templates da Lua

Perfil

Nome :
Idade:20 anos

Amo música,teatro,dança

fotografia,moda,etc

Links



Templates da Lua
Controllc
Fake Dreams
ZURA!
Portfolio
Templates da Lua
Eliana Printes

01/03/2010

Les chanson D'amour

Amor, assunto comum em todos os lugares do mundo. Talvez onde existam os maiores clichês. Mas algo que faz parte do cotidiano de todos nós, não importa como seja.

Quem conhece o diretor e roteirista francês Christophe Honoré sabe que esse é um tema recorrente em suas obras. Um dos filmes que mais adoro é dele. O musical francês "Les Chanson D'amour". Sabe aqueles filmes que conseguem lhe cativar nos primeiros minutos? É o que esse filme fez e ainda faz comigo. Cada vez que assisto fico mais encantada com a sensibilidade do diretor ao tratar a obra, pois pra mim é uma verdadeira obra de arte.

 

O filme conta a história de Ismael, um jovem que mora com Julie, sua namorada há 8 anos. Ela decide começar a ter um relacionameto a 3 e convida Alice, colega de trabalho de Ismael para começar a partilhar a cama dos dois. Mas relacionamento tem problemas seja a dois ou a três, e aos poucos vamos vendo que existem rachaduras dentro desse acordo. Mas um acontecimento chocante muda completamente o rumo da história. E aí mais uma vez conseguimos ver o brilhantismo do diretor. Ele introduz a mudança de uma maneira natural. No meio disso tudo a música vai entrando naturalmente, em momentos oportubos e criando diálogos belíssimos. A trilha sonora é muito boa, vale salientar.

 

Com brilhantismo o diretor nos conta uma história sem pudores, de relacionamentos conturbados e valores "desvirtuados", de uma maneira tão sensível e verdadeira que é difícil não se encantar. Claro que nada agrada a todos, é um fato, mas acho que vale a pena conferir. Nem que seja pra ver o belo e criativo Louis Garrel em cena.


Escrito por Carissa às 19h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]